Tubarão martelo: Martelada mortal na evolução?

Assisti hoje a coisa mais bizarra do mundo. E tô irritado até agora, pois foi demais da conta. Um documentário no NatGeo sobre tubarões chega ao seu ápice com os tubarões martelo e os descreve como uma maravilha sem-par de tecnologia e sofisticação. Mestres em manobras e capazes, com seu cérebro exótico, de detectar peixes enterrados no fundo do mar por variações de bilionésimos de volts. E aí o bizarro dos bizarros: sem medo de ser feliz e falar a maior estupidez do mundo, pois me desculpem, mas foi pura estupidez televisiva (quase liguei para o Procon), o sujeito diz que há algo muito “estranho” com os tubarões martelo, algo errado que não está certo, sim, e eu sei o que é, pois eles não evoluíram aquele “martelo magnífico” lenta, gradual e sucessivamente, mas o “martelo” teria surgido do “nada”, há mais de 400 milhões de anos e, de fato, seus martelos antes eram até maiores, a julgar pelo registro fóssil, sendo um exemplo “incrível” de “adaptação imediata”.

Gente, pode tal absurdo em “rede nacional de TV”?! Uma maravilha de tecnologia e sofisticação, um radar de altíssima sensibilidade, um cérebro hiper mega high techsurgindo do “nada”… Uns trocentos milhões de mutações benéficas todas de uma só vez e de primeira? Santa enganação! Devem achar que somos todos “retardados”.

Me desculpem pela falta de educação, mas tô irritado com tanta enganação e besteirol, tudo por culpa de uma vontade de negar o óbvio. Só porque idolatram Darwin, detestam a ideia de um designer e não gostam da inevitável conclusão de que tubarões martelo foram projetados por um ser de extrema inteligência e maestria sem-par neste Universo. Mas isso vai em breve acabar, ah vai…

Fonte: Dr. Marcos Eberlin via Criacionismo.

Compartilhe via WhatsApp (ou outros meios):



//static.addtoany.com/menu/page.js

Historinhas evolucionistas fantásticas!

Darwinistas são famosos por suas “historinhas” que parecem explicar tudo sobre a natureza, sem qualquer evidência real. Se você quiser saber aonde as borboletas arranjaram as marcas que exibem nas asas ou por que os elefantes têm uma tromba, de acordo com a teoria da evolução, então faça uma visita a este blog: http://www.darwinstories.blogspot.com


Como o material está em inglês, leia aqui a tradução de algumas dessas historinhas:


A história da solha – O biólogo ateu Richard Dawkins explica a história evolucionária do peixe solha da seguinte maneira: “Os peixes ósseos têm em regra forte tendência para ser planos na direção vertical. (…) Quando os antepassados das solhas se puseram no fundo do mar, devem ter se deitado num dos lados. (…) Mas isso levantou o problema de que um olho sempre estava olhando para baixo na areia e era por isso inútil. Na evolução, esse problema foi resolvido ‘movendo’ o olho do lado de baixo, para o lado superior” (http://en.wikipedia.org/wiki/Flatfish). 


A tromba do elefante – No dia 9 agosto 2004, a BBC Radio 4 transmitiu o primeiro de uma série de programas intitulados “Foi mesmo assim – histórias reais”. Estimulado por histórias de Rudyard Kipling para crianças, o apresentador do programa, Alistair McGowan, perguntou: “O que aconteceu realmente?” Esse episódio foi intitulado “Como o elefante arranjou a sua tromba”. Adrian Lister, professor de Paleobiologia na University College London explicou que a tromba não deixa fósseis. No entanto, o crânio pode ser estudado em busca de evidências de pontos de ligação dos músculos. Disse que todos os possíveis antepassados do elefante eram pequenos, possivelmente anfíbios, e bastante parecidos com um hipopótamo que também não tem tromba. Entretanto, à medida que os animais cresceram em tamanho, eles tiveram dificuldades em encontrar água. Não podiam se inclinar para beber por causa do pesco curto e das pernas compactas. Uma tromba permitiu que bebessem água sem se inclinar. Os elefantes ancestrais foram “abençoados pela evolução com essa estrutura maravilhosa” (http://www.biblicalcreation.org.uk/scientific_issues/bcs143.html).


O pescoço da girafa – Darwin foi o primeiro a propor que o pescoço comprido evoluiu nas girafas porque permitia ao animal comerem a folhagem que estava além do alcance dos animais mais baixos. Essa explicação aparentemente sensata manteve-se de pé por mais de um século, mas está provavelmente errada, diz Robert Simmons. Simmons é ecologista comportamental no Ministry of Environment and Tourism in Windhoek, na Namíbia, e acredita que as girafas desenvolveram o longo pescoço não para competir pelo alimento, mas para ganhar disputas sexuais. Simmons estudava águias na Sabi Sand Reserve, na África do Sul. quando se deparou com um par de girafas machos travando um combate. As girafas lutavam balançando seus poderosos pescoços. O movimento permitia que batessem a cabeça no oponente com uma força tal que podia lhe partir as vértebras e levar à morte. Nessas competições, os machos com pescoço mais longo e grosso geralmente prevalecem. Enquanto Simmons prestava atenção à luta, convenceu-se de que foi essa competição para acasalamento, e não o ato de se esticar para apanhar o alimento da copa das árvores, que levou à evolução do pescoço. Se tivesse sido a competição pelo alimento a responsável pela evolução do pescoço, diz Simmons, então seria de esperar que as girafas se alimentassem principalmente das árvores altas da acácia, além do alcance dos outros habitantes da savana. Mas as girafas se alimentam na maior parte das vezes com o pescoços dobrado, nos arbustos baixos (Discover, v. 18, nº 3, march 1997).


Como as baleias abandonaram a terra firme – “Na America do Norte, o urso preto foi visto (…) nadando por horas com a boca toda aberta, assim caçando, como uma baleia, insetos que se encontravam na água. Mesmo num caso tão extremo como este, se o fornecimento de insetos for constante, e se os concorrentes melhor adaptados não existirem no país, eu não vejo nenhuma dificuldade em ver uma raça de ursos aparecer dessa forma (…) mais e mais aquático na sua estrutura e hábitos, com a boca cada vez maior, até surgir uma criatura tão monstruosa como uma baleia” (contador da historinha: Charles Darwin, em A Origem das Espécies, 1ª edição).


Esqueça os contos de fadas, coelhinho da Páscoa e Papai Noel. Estas histórias são bem mais legais!

Fonte: Criacionismo.

Receitas naturais para limpeza de pele

Existem milhares de produtos para limpeza de pele e cuidados de beleza que prometem dar-lhe a pele sempre limpa e brilhante. Em vez de depender desses produtos, você pode tentar uma receita caseira de limpeza de pele, economizando dinheiro e poupando sua pele dos químicos presentes em produtos de pele. Aqui estão algumas destas receitas naturais para sua pele.
Limão
O ácido cítrico presente no limão ajuda a manter a pele clara, removendo as células mortas e funcionando como excelente receita caseira na pele do rosto. O seu teor de vitamina C ajuda a reduzir manchas escuras, aumentando o processo de renovação celular. Limão também tem propriedades de branqueamento que ajudarão a melhorar consideravelmente sua aparência.
Aplique o suco fresco-espremido limão em todo o seu rosto e pescoço, deixando por 10 minutos e depois lavando com água morna. Depois disso, esfregue fatias de pepino em sua pele para suavizar e hidratar. Faça isso diariamente ou em dias alternados.
Em uma receita de limpeza de pele caseira para cravos e espinhas, misture duas colheres de chá suco de limão com duas de açúcar. Aplique a mistura em seu rosto, pescoço e mãos. Esfregue em movimentos circulares e deixe por 10 minutos. Em seguida, enxague com água morna. Repita o processo uma vez por semana
Cúrcuma
Cúrcuma é um excelente agente anti-séptico, ajudando a clarear a pele e minimizar cicatrizes e outras marcas. Além disso, a cúrcuma pode aliviar doenças alérgicas, inflamatórias e infecciosas da pele.
Misture uma colher de sopa de cúrcuma em pó com suco de abacaxi suficiente para fazer uma pasta. Aplique a pasta em seu rosto e pescoço. Deixe na pele até que a massa seque completamente. Em seguida, lave com água morna. Use duas ou três vezes por semana para reduzir o aparecimento de manchas na pele. Essa é uma receita caseira para a pele perfeita, te dando a aparência que você deseja e tanto procura.
Mel
O mel é um excelente hidratante e também tem propriedades antibacterianas que ajudam a evitar infecções.
Aplique mel cru diretamente sobre a pele. Deixe secar naturalmente e, em seguida, enxague com água morna. O teor de água no mel vai hidratar profundamente a pele, tornando-a macia e suave. Faça este remédio simples, uma vez ao dia, ou em dias alternados.
Aloe Vera
Aloe vera possui propriedades antibacterianas que ajudam a matar bactérias que causam acne, além de propriedades anti-inflamatórias que ajudam a acalmar a pele irritada, e propriedades adstringentes que ajudam a curar as cicatrizes. Além disso, Aloe Vera hidrata a pele e estimula o crescimento de células de pele nova, sendo uma excelente companheira na hora de uma receita natural para clarear a pele.
Extraia o gel de uma folha de Aloe Vera e aplique em seu rosto usando uma bola de algodão. Deixe-o secar por conta própria por cerca de meia hora, e, em seguida, enxague com água morna. Use diariamente ou várias vezes por semana.
Bicarbonato de Sódio
Bicarbonato é muito importante para balancear o pH da pele. Além disso, suas propriedades anti-sépticas e anti-inflamatórias ajudam a lidar com problemas como acne, espinhas e manchas. Ele também funciona como um excelente agente esfoliante para manter a pele livre de sujeira, impurezas e células mortas da pele.
Misture uma colher de chá de bicarbonato de sódio com uma colher de chá de suco de limão ou água para fazer uma pasta. Limpe seu rosto massageando para esfoliar suavemente a pele. Lave o rosto com água morna e seque com uma toalha. Siga este remédio duas ou três vezes por semana.
Pepino
Pepinos contém propriedades hidratantes, nutritivas e adstringentes que são muito boas para a pele. Eles podem melhorar a aparência geral da pele, reparar células danificadas, remover as células mortas da pele e adicionar um novo brilho, principalmente em uma receita caseira para pele ressecada.
Corte um pepino fresco em fatias grossas, e esfregue cuidadosamente em todo o seu rosto. Deixe durante a noite e enxague com água morna pela manhã. Faça isso diariamente antes de ir para a cama.
Mamão
Mamão pode ser usado para melhorar a textura da sua pele e manter a pele clara. Tem propriedades de branqueamento naturais que ajudam a reduzir o aparecimento de cicatrizes. Além disso, a enzima papaína presente no mamão tem propriedades antibacterianas e de cicatrização, auxiliando na remoção de pele morta.
Pique um mamão maduro em pedaços pequenos. Combine o mamão com uma colher de chá de pó de sândalo e mel. Misture tudo em uma pasta e aplique em todo o rosto e pescoço, deixando por meia hora. Em seguida, lave com água fria e seque a pele. Siga este remédio uma vez por semana.
Nozes
Nozes pode trazer um brilho bonito como uma receita caseira para pele seca. Nozes têm antioxidantes que ajudam as células da pele na reparação e promovendo a pele radiante. Nozes em forma de pó pode ser usada para esfoliar a pele e remover as impurezas e sujeira que um produto de limpeza comum não consegue.
Misture duas colheres de chá de noz em pó com duas colheres de sopa de iogurte natural para fazer uma pasta. Aplicar em seu rosto e pescoço. Quando a massa seca, esfregue a mistura em seu rosto e, em seguida, enxaguar com água morna. Use esta máscara facial uma vez por semana. Mergulhe três nozes em água durante a noite. Na parte da manhã, misture uma colher de chá de água de rosas para fazer uma máscara e aplique em seu rosto. Deixe por uma hora e depois lave com água morna. Siga este remédio uma vez por semana.
Óleo de coco
O óleo de coco é muito rico em antioxidantes que impedem a atividade de radicais livres, que é uma das razões por trás da pele opaca e sem vida. Além disso, suas propriedades antibacterianas e antifúngicas ajudam a manter a pele clara, macia e hidratada.
Suavemente aqueça um pouco de óleo de coco em um forno de microondas, testando a temperatura antes com os lábios ou costas das mãos. Aplique o óleo quente no rosto, pescoço, mãos e pernas. Massageie suavemente na pele por 10 minutos. Finalmente enxague com água morna, uma vez por dia.
Hortelã
O principal ingrediente de hortelã é o mentol, que tem propriedades calmantes que ajudam a manter a pele saudável e brilhante. Além disso, tem propriedades curativas maravilhosas que ajudam a combater infecções de pele, que ajudam em uma receita caseira de limpeza de pele oleosa, evitando espinhas e acne.
Coloque uma colher de chá de hortelã em pó e uma colher de sopa de iogurte natural em uma tigela. Deixe descansando por meia hora para que todos os ingredientes fiquem encharcados corretamente. Em seguida, misture para obter uma pasta lisa. Aplique este pacote de rosto caseiro em seu rosto e pescoço. Deixe-o até que seque naturalmente e, em seguida, enxague com água morna. Use esta máscara facial uma vez por semana.
Não se esqueça: você pode misturar e adaptar os ingredientes acima em uma receita única para seu tipo de pele. Além disso, não se esqueça de consultar um dermatologista antes de fazer qualquer tratamento em sua pele.

Quer tornar sua rotina mais produtiva? Aqui vão 4 dicas científicas!

Quer ser mais produtivo? A ciência ajuda! Separamos algumas dicas que, com embasamento em estudos e pesquisas, podem ser de grande ajuda. Confira:
1 – Pare de tentar fazer várias tarefas ao mesmo tempo Com tantas tecnologias disponíveis, é tentador se dividir para dedicar um tempinho para cada uma delas – diga-se, completar um relatório ao mesmo tempo em que consola um amigo no WhatsApp. Mas, com isso, acabamos fazendo tudo devagar – e com mais chances de cometer erros.
Um estudo recente da Universidade Estadual da Flórida, nos Estados Unidos, mostra, por exemplo, que só uma notificação de mensagem pode ser tão distrativa quanto uma ligação. Por isso, vale deixar os dispositivos de lado, sair das redes sociais, e ficar completamente focado no trabalho.
2 – Faça pausas Pausas de 10 minutos ou mais são ótimas para a mente e o corpo. Segundo um estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Tilburge da Universidade Tecnológica de Eindhoven, da Holanda, levantar um pouco da sua mesa, fazer um lanchinho e conversar com as pessoas faz com que você descanse um pouco e esteja mais disposto ao voltar para o trabalho.
3 – Tire um cochilo Infelizmente, poucos são os locais de trabalho que oferecem a possibilidade de os funcionários tirarem um cochilo. Em uma experiênciaconduzida pelo departamento de psicologia da Universidade de St. Louis, nos Estados Unidos, os participantes que cochilaram por alguns minutos se sairam melhores em atividades relacionadas com concentração do que os ficaram acordados o tempo todo.
4 – Tente entrar em contato com luz natural Pesquisadores do Laboratório Nacional de Energia Renováveldescobriram, a partir de um estudo, que os humanos são afetados psicologicamente pelos tipos de luzes aos quais são expostos. A luz natural do dia foi associada ao bom humor e disposição.

Fonte: Vox.

Para a produção de 1 kg de carne bovina são necessários 15.400 LITROS de água!!! (#vegetarianismo)

Você já parou para pensar na quantidade de água gasta para produzir bebidas e alimentos do dia a dia, como carnes e legumes? Com a crise hídrica cada vez mais drástica em cidades no Brasil, o BuzzFeed fez uma experiência criativa com galões de 10,1 litros para alertar sobre o consumo de água.
Reprodução
O site usou a quantidade de água determinada para produzir algumas comidas e bebidas consumidas pelos brasileiros e a comparou com o popular galão de 10,1 litros. Todos os dados se referem a médias globais e foram retirados do site da Water Footprint – exceto no caso da cerveja e da coca-cola.
Imagem: diestudio
1 kg de carne bovina = 15.400 litros de água = 1.525 galões
1 kg de carne bovina = 15.400 litros de água = 1.525 galões
A Water Footprint é uma organização internacional que desenvolveu e fundamentou o método de cálculo, apresentado na UNESCO. No site em inglês, é possível ver a bibliografia de cada item em detalhes e calcular a quantidade de água.
1 litro de cerveja = 155 litros de água = 15 galões – Foto: weweh.com
1 litro de Coca-Cola = 70 litros de água = 7 galões – Foto: Mike Blake/Reuters
1 ovo (cerca de 60 gramas) = 200 litros de água = 20 galões – Foto: frederick hansen
1 pé de alface = 240 litros de água = 24 galões – Foto: Mike Blake/Reuters
1kg de açúcar = 1.780 litros de água = 176 galões – Foto: Rachel Grace
1 kg de frango = 4.330 litros de água = 429 galões – Foto: Dean Shu
1 kg de ketchup = 530 litros de água = 52 galões – Foto: Brian Evans
1 kg de leite integral = 940 litros de água = 93 galões – Foto: amazonaws.com
1 quilo de queijo = 5.060 litros de água = 501 galões – Foto: Jesse Ray
1 banana grande (200 gramas) = 160 litros de água = 16 galões – Foto: Brooke Anderson
1 pizza margherita (cerca de 725 gramas) = 1.260 litros de água = 125 galões – Foto: Vlma
1 taça de vinho = 110 litros de água = 11 galões – Foto: Aaron Brethorst
1 xícara de café = 130 litros = 13 galões – Foto: amazonaws.com
1 xícara de chá = 30 litros de água = 3 galões – Foto: Tina Wong
7.100 gramas de chocolate = 1.700 litros de água = 168 galões – Foto: Pamela Greer